2009-05-16

Amanda-lhe, Porra!!!! - parte III

O Vital Moreira aparenta estar tresloucado. Depois de ter sido agredido (se aquilo é agressão, o gajo nunca andou à porrada) em Maio, agora mete-se nos problemas do PS.

Acho bem que se meta. Piora a situação! O Alegre já saiu a terreiro a defender o partido dele - incrível, não é? O que a política obriga a malta a fazer.

2009-05-03

Amanda-lhe, Porra!!!! - parte II

"Fui objecto de um desacato verdadeiramente antidemocrático, sectário, e de pura perseguição pessoal e política a mim e ao Partido Socialista"

Coitadinho!!!! Tou cheio de pena! Este Vôvô vai para o Parlamento Europeu durante uma catrefada de anos, a ganhar 12 mil euros por mês limpinhos e ainda se arma em vítima de uma situação que ele despoletou.

E ainda por cima, acha que é perseguição política? Mas que política é que este gajo fez? Nenhuma!!! E vai representar Portugal por ser de esquerda? Fónix!!! E competências? E planos? E ideias? E estratégias que defende para Portugal? Nada, zero, vale o mesmo que nada.

Já o povo não se pode manifestar, com vozes de raiva e cólera, que passam logo a ser rotulados de anti-democráticos?

Há 35 anos deixámos de ter o lápis azul e agora temos o lápis cor-de-rosa?
Que palhaçada!!!

Amanda-lhe, Porra!!!

Então os gajos do PCP portaram-se como uns frouxos! Sinais do tempo, já estão a ficar velhinhos.

Gajo que é gajo PCP tinha logo dado um arraial de porrada no Vital. Bem que merecia.

Afinal, a agressão foi um inocente saquinho cheio de água, que acabou por sujar o casaquinho do sr. Vital, o Vovô Cantigas!

Já não há militantes como antigamente. Vá lá, admitam, o tipo foi lá e estava a pedi-las, nunca pôs os pés num 1º de Maio com medo de levar porrada dos comunas, agora foi lá com o alto patrocínio do secretariado geral socialista. Vá-se lá perceber!

Se fosse comigo, era corrido à paulada!

TTT ou não?

Tirando a promessa de retirada de apoios e subsídios aos jovens, entregues à bandeira do empreendedorismo por si só, a perseguição aos casais homossexuais e atentado ao direito constitucional da não-discriminação por orientação sexual, a referência ao "já me apetecia um bloco central na passada 2º feira", o apoio ao "menino guerreiro" que não sabe fazer mais nada do que dar-se ao luxo de "andar por aí", a contínua negação - porque a igreja o quer - do direito à escolha da mulher que engravida, constituindo uma agressão e violação do direito constitucional à sua privacidade, ... vou ter que concordar com a Manuela acerca da 3º travessia do tejo.

Nesta altura de crise, uma obra pública daquelas não pode ir em frente. Será um esbanjar de preciosos recursos que devem ser aplicados criteriosamente. Lisboa já têm duas pontes q.b. . A única razão que poderia entender era usar a TTT como um factor catalisador do desenvolvimento da zona do Barreiro, em clara desvantagem com Montijo/Alcochete, ou Almada.

Quanto ao Novo Aeroporto de Lisboa, espero que aquilo não avance. Por razões ambientais e por ser uma obra excessivamente onerosa, conduzindo à privatização da ANA,dos aeroportos nacionais. Também, não é o momento certo visto que as companhias de aviação estão a ter uma redução acentuada da procura, condicionando os seus planos de expansão, e isto a nível mundial, não só em Portugal.